Promoção Grátis

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Comitê pede reformas 'fundamentais' no órgão climático da ONU

O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) necessita de reformas “fundamentais” a fim de mudar a maneira como é gerenciado e assim evitar erros, anunciou nesta segunda-feira um grupo de especialistas que avaliou o desempenho do órgão das Nações Unidas.

O IPCC foi bastante criticado por erros que cometeu na sua última grande avaliação das mudanças climáticas, em 2007. Na ocasião, por exemplo, o órgão divulgou uma previsão, depois descartada, de que as geleiras da cordilheira do Himalaia poderiam desaparecer até 2035.

O comitê de especialistas de várias nacionalidades que revisou o trabalho do IPCC elogiou a forma como o órgão realizou suas avaliações sobre o clima.

O chefe do comitê de especialistas, Harold Shapiro, disse que, "de forma geral, em nossa opinião, o trabalho do IPCC tem sido um sucesso e serve positivamente à sociedade".

Mas ele ressaltou que erros cometidos no passado prejudicaram a credibilidade do Painel, e que a reação do IPCC à revelação de erros em sua avaliação de 2007 foi “lenta e inadequada”.

Recomendações

Segundo o comitê, o painel deve nomear um diretor-executivo que se encarregue de suas atividades diárias, seja também seu porta-voz e permaneça no cargo apenas durante os cinco anos da elaboração de cada um de seus informes.

As regras atuais estabelecem que o chefe do IPCC - atualmente, o indiano Rajendra Pachauri - pode permanecer no cargo por dois mandatos de seis anos.

Pachauri foi eleito para o cargo em 2002 e reeleito para um segundo mandato em 2008.

Outra recomendação foi que os diferentes grupos de trabalho do IPCC analisam as incertezas da ciência climáticas adotem diretrizes semelhantes, que permitam uma maior coerência entre eles.

Estes grupos atualmente usam diretrizes diferentes em seus trabalhos.

O comitê elogiou o uso de trabalhos acadêmicos ainda não revisados ou divulgados em publicações científicas pelo IPCC, mas disse que os autores devem seguir mais de perto as diretrizes do órgão.

Algumas das próprias diretrizes do IPCC foram consideradas vagas.

As recomendações do comitê devem ser discutidas no próxima reunião do IPCC, na Coreia do Sul, entre 11 e 14 de outubro.

Fonte: BBC / http://webradiogospel.com
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Comitê pede reformas 'fundamentais' no órgão climático da ONU"

Postar um comentário

Postagens populares