Promoção Grátis

quinta-feira, 18 de março de 2010

Escândalo envolvendo padres em Alagoas: Vídeo de jovem fazendo sexo com padre choca cidade. Assista a reportagem

Arapiraca anoiteceu chocada com as denúncias envolvendo casos de pedofilia entre dois monsenhores e dois padres da cidade. O programa Conexão Reporter do jornalista Roberto Cabrini no SBT veiculou uma matéria devastadora, inclusive com um vídeo onde um dos monsenhores, Luiz Marques faz sexo com um jovem.

Na matéria (assista os vídeos abaixo), Roberto Cabrini fala que o vídeo foi o ponto inicial e ao chegar na cidade encontrou Fabiano, o rapaz que aparece ao lado do padre mantendo relações sexuais.

Fabiano, hoje com 20 anos, relatou que se tornou coroinha na igreja com12 anos de idade e desde então foi assediado sexualmente pelo padre. Contou ainda que manteve um relacionamento com o religioso durante anos, e por isso desistiu do antigo sonho de se tornar padre.

Durante a apuração, outros jovens foram localizados dizendo que passaram pelo mesmo assédio, chegando a prática do sexo com os padres. Entre eles está um menino, de 11 anos. Ele afirmou que foi assediado por um outro padre da região, Edilson Duarte, responsável pela Igreja Catedral de Bom Conselho.

Na reportagem seguiram-se várias denúncias de jovens e pais de crianças que foram coroinhas e acabaram assediados pelo Monsenhor Luiz Marques, pelo padre Edilson Duarte e pelo Monsenhor Raimundo além de um outro padre não identificado.

Os padres foram ouvidos e negaram toda a história,mas a reportagem flagrou um advogado identificado como Daniel Fernandes intimidando e até ameaçando os jovens responsáveis pela gravação, identificados como Flávio e Fabiano.

Os garotos confirmaram ainda que receberam R$ 30 mil reais do advogado em uma negociação intermediada pelo Monsenhor Raimundo para que não divulgassem os vídeos.

No final da reportagem o delegado Marcilio Barenco informou que todas as gravações e fatos já foram remetidos para o Ministério Público e para a Arquidiocese de Maceió,que devem tomar as providências cabíveis.

Monsenhor Luis Marques foi afastado das funções pela Igreja que sabia de tudo desde o ano passado

As denúncias contra o Monsenhor Luis Marques, que foram ao ar na semana passada no Programa Conexão Reporter do SBT (assista os vídeos abaixo), já eram do conhecimento da Igreja Católica desde pelo menos janeiro do ano passado, quando o bispo Dom Valério Breda, responsável pela Arquidiocese de Penedo, da qual Arapiraca faz parte, recebeu as fitas que mostravam o pároco em ato sexual com um menor de idade.

A primeira atitude dos responsáveis pela Arquidiocese foi aposentar o Monsenhor Luis Marques, que já estava em Arapiraca há mais de 30 anos e o substituir pelo Monsenhor Raimundo a frente da igreja de São José.

O problema é que o Monsenhor Raimundo também foi acusado pelos pais dos coroinhas como um dos padres que aliciavam os menores e seria ele o responsável por ter pago R$ 30 mil reais ao jovem Fabiano, responsável pelas filmagens.

Monsenhor Luis Marques

Ex-capelão da Policia Militar de São Paulo,Monsenhor Luiz Marques chegou a Arapiraca na década de 70 e se tornou uma figura importante na sociedade arapiraquense. Considerado rigoroso e conservador não faltam relatos sobre os seus sermões onde ele criticava o que ele classificava como declínio da moral e da família.

Uma freqüentadora das missas rezadas pelo Monsenhor explicou que ele não permitia nem mesmo vestidos com decotes entre as freqüentadoras da igreja e criticava inclusive o uso de maquiagem excessiva entre as noivas que ele casava.

De ótimo trânsito entre as principais autoridades políticas da cidade, o Monsenhor Luis Marques foi homenageado ao conceder seu nome para uma importante escola particular existente no município.

Reportagem

O Cadaminuto chegou a falar com dois dos pais que fizeram a denúncia ao repórter Roberto Cabrini e procurou o Ministério Público para se inteirar do caso,mas os pais disseram que já haviam “fechado” exclusividade com o repórter do SBT e o promotor ouvido pela reportagem disse que o caso era tratado como “segredo de justiça”.

Em Arapiraca a situação já era pública, tanto que a população foi às ruas na noite e lotou bares e lanchonetes para ver a reportagem. “Só assim, quando o Brasil inteiro fica sabendo é que esses padres param de fazer estes absurdos” explicou uma pessoa ouvida pelo Cadaminuto.


Fonte: O Verbo / http://webradiogospel.com
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Escândalo envolvendo padres em Alagoas: Vídeo de jovem fazendo sexo com padre choca cidade. Assista a reportagem"

Postar um comentário

Postagens populares