Promoção Grátis

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Primeiras ondas do tsunami chegam ao Havaí "Veja"

Honolulu, Havaí (CNN) - As primeiras ondas de um tsunami de um forte terremoto no Chile atingiu a Ilha Grande do Havaí, de acordo com o Pacific Tsunami Warning Center.

A altura das ondas começaram a aumentar em breve cerca de 11:15 hora local (4:15 pm EST), mais de cinco horas após os alarmes soaram para avisar de um tsunami causado pelo terremoto do Chile no início do sábado, que matou pelo menos 214 pessoas.

Moradores mexidos para estocar água e comida sábado, sirenes soaram em todo as ilhas à frente de um tsunami previsto, uma hora após o terremoto de magnitude 8,8 atingiu o Chile.

Estradas para as praias e outras áreas baixas foram fechadas e os hotéis estavam evacuando veranistas.

Em Honolulu Waikolua Hilton Hotel, os hóspedes com os carros estavam indo para lugares mais altos e os autocarros que se deslocam centenas foram para um centro de evacuação criado perto do hotel.

Nos supermercados nas proximidades, os moradores começaram a estocar essenciais, como água e papel higiênico, em antecipação das águas altas. Um sinal em uma loja de famílias locais, limitadas a dois casos de spam.

Praias que seria normalmente lotada de banhistas ao meio-dia de um sábado estavam desertas. Navios e barcos desarrumados uma milha da costa marítima como embarcações comerciais e de lazer procurado águas seguras.

Os sistemas de sirene em cada município foram soando a cada hora "para alertar os moradores e visitantes para evacuar as áreas costeiras," Civil do Havaí Divisão de Defesa disse em um comunicado.

"Os moradores serão avisados por seus respectivos países, defesa civil e agências de gestão de emergência para evacuar as áreas costeiras."

O Pacific Tsunami Warning Center emitiu um alerta de tsunami, o nível mais alto de um alerta de tsunami para toda a região do Pacífico, incluindo países tão distantes como a Rússia, Japão e Austrália.

Califórnia e Alasca estão sob uma consultoria tsunami.

Falando ontem à tarde em Washington, o presidente Obama pediu às pessoas, no Havaí, Guam e Samoa Americana, também sob um alerta de tsunami, para preparar o potencial de um tsunami.

Cobertura Local: KITV, Khon

"Nós não podemos controlar a natureza, mas podemos e devemos estar preparados para um desastre quando ataca", disse ele em uma breve declaração na Casa Branca.

Ele disse aos cidadãos ao longo da costa do Pacífico no continente E.U. que estar preparado também, porque "pode haver ondas e correntes perigosas durante todo o dia."

A 13 ª Força Aérea, no Havaí, também lançaram aviões com oradores inscritos para eles para alertar as pessoas nas zonas costeiras não perto de sirenes.

Havaí governadora Linda Lingle disse que declarou estado de emergência de antecedência. Falando a jornalistas, ela pediu às pessoas para ouvir os funcionários locais.

"Acho que o sucesso que nós vamos ter para enfrentar esta emergência é realmente sobre os ombros do povo do Havaí", disse ela.

Pacific Tsunami Warning Center Director Charles McCreery disse que não havia possibilidade de que o Havaí não veríamos um efeito do terremoto.

"Acreditamos que será uma ameaça aqui no Havaí, é por isso que deu início a um aviso, não só para uma Havaí, mas para o Pacífico inteiro", disse McCreery.

Mas ele acrescentou: "Nós não estamos esperando que este seja um cenário pior, mas nós estamos esperando ... ondas perigosas que na costa, e as pessoas precisam levar isto muito a sério."

Falando das evacuações, Shelly Ichishita, porta-voz da Defesa Civil do Havaí Division, disse que as pessoas nas zonas de evacuação - basicamente áreas costeiras - foram "convidados a ir para o interior," disse ela. "Nós não temos abrigos de evacuação aberto."

John Cummings, Oahu porta-voz do Departamento de Gestão de Emergências, disse ao jornal The Honolulu Advertiser que "Se você viver em qualquer lugar na zona de evacuação, você tem que evacuar."

"Este é um caso sério. Nós vamos tratar isso como um tipo de tsunami destrutivo".

O estado de dois senadores E.U., Daniel K. Inouye e Daniel K. Akaka, pediu aos moradores Havaí para manter a calma.

"Se você vive em uma zona de evacuação peço-lhe para reunir sua família e por favor, deixe a área", Inouye disse.

"É importante manter a calma, ouvir a notícia, e siga as instruções sendo emitido pelo estado e município funcionários da defesa civil."

Citando o Pacific Tsunami Warning Center, os senadores afirmaram que algumas áreas do Havaí podia ver um inicial de 10 - a 15-foot origem e que as ondas poderiam continuar por pelo menos seis horas.

"Nós nos preparamos para o pior e esperar o melhor", prefeito de Honolulu, Mufi Hannemann, disse à CNN KHON filial.

Nesta manhã, as pessoas correram aos supermercados para estocar alimentos, água e outros suprimentos.

"Temos muita água, nós temos nossas baterias, temos papel higiênico", uma mulher disse KITV, enquanto ela estava em uma linha com outros compradores e seus carros recheados com suprimentos.

Perguntou se ela estava com medo, outro cliente disse: "Muito, muito. Nós somos da Geórgia, por isso ..."

Empresas da área disseram que será fechado o dia todo sábado, a filial relatados. Aeroporto Internacional de Hilo, no lado leste da ilha do Havaí, está fechado devido ao tsunami pendentes, de acordo com o tenente-coronel Carlos Antônio, diretor de relações públicas para o Estado do Havaí Departamento de Defesa.

Lingle pediu às pessoas que não têm necessidade de evacuar a permanecer fora das estradas para que os veículos de emergência e as pessoas que abandonam as zonas costeiras poderiam usar as estradas.

"Os olhos do mundo estão no Havaí agora", disse ela.

Federal Emergency Management Agency Administrator Craig Fugate disse que sua agência eo Departamento de Segurança Interna está a acompanhar de perto a situação.

"A Fema está disposta a ajudar deve um pedido de assistência seja feita, e não tem pré-implantado activos no Havaí, incluindo alimentação, água, geradores e outros recursos. Instamos todos os indivíduos a seguir a orientação fornecida por autoridades locais."

Quatro navios militares E.U. estará deixando Havaí, nos próximos três horas, disseram os militares. Tem seis outros navios e uma dúzia de submarinos no porto do estado.

Outro navio saiu de San Diego, Califórnia, por causa do alto mar, disseram os militares.

Os E.U. Guarda Costeira disse que estava fechando os portos comerciais no Havaí para navios de entrada. Ele também disse que "todos os navios de navegabilidade são incentivados a evacuar, se possível. Todas as embarcações de recreio são convidados a tomar precauções de segurança imediatas e evitar a água".

Em 1960, um tsunami provocado por um terremoto na costa oeste da América do Sul destruiu grande parte do centro de Hilo e matou 61 pessoas.

O terremoto teve uma magnitude entre 8,5 e 8,25, os E.U. Geological Survey disse, e as ondas em Hilo Bay chegou a 35 pés, mas apenas de 3 a 17 pés em outros lugares.

Em outros lugares, várias ondas do tsunami chegaram em terra ao longo da costa chilena após o sismo, geofísico USGS Victor Sardina à CNN.

Ele disse que o maior foi registrado em 9 pés perto do epicentro do terremoto. Outra onda de 7,7 metros atingiu a cidade chilena de Talcahuano, de acordo com Eric Lau do Pacific Tsunami Warning Center.

Vídeo da cidade mostrou um carro sentado em uma grande extensão de água.

Uma grande onda na ilha de Juan Fernandez - 400 milhas (643 km) da costa do Chile - morte de três pessoas, Governador Provincial de Ivan De La Maza disse. Dez pessoas estavam desaparecidas.

Embora as ondas do tsunami inicial não é suposto que atingiu o Havaí até meio da manhã, McCreery disse que a ameaça seria persistir por horas.

Ele disse que a primeira seria as ondas do tsunami varrer Havaí em aproximadamente 30 minutos.

"E então o risco vai continuar por muitas horas, pois essas ondas, elas são refletidas fora das ilhas, envolva-se em torno das ilhas, e torna-se um campo de onda muito complexo, que persiste por muito tempo."

Nas Filipinas, os sismólogos estado estavam monitorando a possibilidade de ondas de chegar ao país do sudeste asiático, a agência de notícias oficial lá relatadas.

First waves of tsunami arrive at Hawaii

Honolulu, Hawaii (CNN) -- The first waves of a tsunami from a massive earthquake in Chile have hit the Big Island of Hawaii, according to the Pacific Tsunami Warning Center.

The increasing wave heights began shortly around 11:15 a.m. local time (4:15 p.m. EST), more than five hours after alarms sounded to warn of a tsunami caused by the Chile earthquake early Saturday, which killed at least 214 people.

Residents scrambled to stock up on water and food Saturday as sirens blared across the islands ahead of a predicted tsunami, hours after an 8.8-magnitude earthquake struck Chile.

Roads to beaches and other low-lying areas were closed and hotels were evacuating vacationers.

At Honolulu's Hilton Waikolua Hotel, guests with cars were heading to higher ground and buses were moving hundreds to an evacuation center set up near the hotel.

At nearby supermarkets, residents stocked up on essentials like water and toilet paper in anticipation of the high waters. One sign at a local store limited families to two cases of spam.

Beaches that would normally be crowded with sunbathers at midday on a Saturday were deserted. Ships and boats littered the coastline a mile offshore as commercial and recreational vessels sought safe waters.

The siren systems in each county were sounding every hour to "to alert residents and visitors to evacuate coastal areas," Hawaii's Civil Defense Division said in a statement.

"Residents will be advised by their respective country civil defense or emergency management agencies to evacuate coastal areas."

The Pacific Tsunami Warning Center issued a tsunami warning, the highest level of a tsunami alert, for the entire Pacific region, including countries as far away as Russia, Japan and Australia.

California and Alaska are under a tsunami advisory.

Speaking Saturday afternoon in Washington, President Obama urged people in Hawaii, Guam and American Samoa, also under a tsunami warning, to prepare for the potential tsunami.

Local coverage: KITV, KHON

"We can't control nature, but we can and must be prepared for disaster when it strikes," he said in a brief statement at the White House.

He told citizens along the Pacific Coast on the U.S. mainland to be prepared as well, as "there may be dangerous waves and currents throughout the day."

The 13th Air Force, in Hawaii, also launched planes with speakers attached to them to alert people in coastal areas not near sirens.

Hawaii Gov. Linda Lingle said she has declared a state of emergency in advance. Speaking to reporters, she urged people to listen to local officials.

"I think the success that we're going to have in addressing this emergency is really on the shoulders of the people of Hawaii," she said.

Pacific Tsunami Warning Center Director Charles McCreery said there was no possibility that Hawaii would not see an effect from the earthquake.

"We believe it will be a threat here in Hawaii, that's why we initiated a warning, not only for a Hawaii, but for the entire Pacific," McCreery said.

But he added, "We're not expecting this to be a worst-case scenario, but we are expecting ... dangerous waves coming on shore, and people need to take it very seriously."

Speaking of the evacuations, Shelly Ichishita, spokeswoman for Hawaii's Civil Defense Division, said people in the evacuation zones -- basically coastal areas -- were "asked to go inland," she said. "We do not have evacuation shelters open."

John Cummings, Oahu Emergency Management Department spokesman, told The Honolulu Advertiser that "If you live anywhere in the evacuation zone, you have to evacuate."

"This is a serious event. We're going to treat this as a destructive-type tsunami."

The state's two U.S. senators, Daniel K. Inouye and Daniel K. Akaka, urged Hawaii residents to remain calm.

"If you live in an evacuation zone I urge you to gather your family and please leave the area," Inouye said.

"It is important to remain calm, listen to the news, and follow the instructions being issued by state and county civil defense officials."

Citing the Pacific Tsunami Warning Center, the senators said some areas of Hawaii could see an initial 10- to 15-foot rise and that waves could continue for at least six hours.

"We prepare for the worst and hope for the best," Honolulu Mayor Mufi Hannemann told CNN affiliate KHON.

Earlier Saturday, people rushed to supermarkets to stock up on food, water and other supplies.

"We got lots of water, we got our batteries, we got toilet paper," one woman told KITV, while she stood in a line with other shoppers and their carts stuffed with supplies.

Asked if she was scared, another shopper said, "Very, very. We're from Georgia, so ..."

Businesses in the area said they will be closed all day Saturday, the affiliate reported. Hilo International Airport, on the east side of the island of Hawaii, is closed due to the pending tsunami, according to Lt. Col. Charles Anthony, director of public affairs for the State of Hawaii Department of Defense.

Lingle urged people who do not need to evacuate to stay off the roads so that emergency vehicles and people leaving coastal areas could use the roadways.

"The eyes of the world are on Hawaii right now," she said.

Federal Emergency Management Agency Administrator Craig Fugate said his agency and the Department of Homeland Security are closely monitoring the situation.

"FEMA stands ready to assist should a request for assistance be made, and does have pre-deployed assets in Hawaii, including food, water, generators and other resources. We urge all individuals to follow the direction provided by local officials."

Four U.S. military ships will be leaving Hawaii in the next three hours, the military said. It has six other ships and a dozen submarines in port in the state.

Another ship left San Diego, California, because of high seas, the military said.

The U.S. Coast Guard said it was closing commercial ports in Hawaii to in-bound vessels. It also said that "all seaworthy vessels are encouraged to evacuate if possible. All recreational boaters are asked to take immediate safety precautions and avoid the water."

In 1960, a tsunami triggered by an earthquake on South America's west coast destroyed much of downtown Hilo and killed 61 people.

The earthquake had a magnitude between 8.25 and 8.5, the U.S. Geological Survey said, and the waves in Hilo Bay reached 35 feet, but only 3 to 17 feet elsewhere.

Elsewhere, several tsunami waves have come ashore along the Chilean coast after the earthquake, USGS geophysicist Victor Sardina told CNN.

He said the largest was recorded at 9 feet near the quake's epicenter. Another wave of 7.7 feet hit the Chilean town of Talcahuano, according to Eric Lau of the Pacific Tsunami Warning Center.

Video from the town showed one car sitting in a large expanse of water.

A large wave on the island of Juan Fernandez -- 400 miles (643 km) off Chile's coast -- killed three people, Provincial Governor Ivan De La Maza said. Ten people were missing.

Although the initial tsunami waves are not supposed to hit Hawaii until mid-morning, McCreery said the threat would persist for hours.

He said the first tsunami waves would sweep across Hawaii in about 30 minutes.

"And then the hazard will go on for many hours, because these waves, they get reflected off the islands, they wrap around the islands, and it becomes a very complex wave field that persists for quite a while."

In the Philippines, state seismologists were monitoring the possibility of waves reaching the Southeast Asian country, the official news agency there reported.

Fonte: CNN / http://webradiogospel.com / http://webradiogospel.com.br
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Primeiras ondas do tsunami chegam ao Havaí "Veja""

Postar um comentário

Postagens populares