Promoção Grátis

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Produtora quer realizar reality show gay em cruzeiro

Vem aí mais um reality show. Mas dessa vez não teremos nenhuma expectativa por um participante gay ou especulações do tipo "esse é bee, não é?". Afinal, estamos falando do Cruzeiro Colorido, ideia do produtor italiano Bruno Ventrone, que pretende levar 12 participantes para um navio, entre eles gays, lésbicas, transexuais e simpatizantes.
De inicio, o Cruzeiro Colorido seria transmitido por uma TV aberta. Mas, segundo Bruno, tal ideia não vingou devido ao "grande preconceito" das emissoras. Agora o reality, que dará R$300 mil para o primeiro lugar e R$100 mil para o segundo, será "transmitido 24 horas, pela internet, no site oficial, através da assinatura", explica o produtor.
Ao contrário de outros programas do tipo, neste, o interessando em ter sua vida exposta "24 horas" por dia terá que pagar uma taxa de 35 reais pela inscrição, que também acontece no site oficial do programa.
Confira abaixo a entrevista com o idealizador do projeto, Bruno Ventrone, que dá mais alguns detalhes de como será o Cruzeiro Colorido.
De quem foi a ideia de realizar o Cruzeiro Colorido?
Devido ao crescente número de Paradas Gays no mundo, tive a ideia de dar maior visibilidade para o público LGBT
Como e quando será feita a seleção dos participantes?
Após o recebimento das inscrições, a seleção será feita por uma equipe escolhida pela produção, que consiste principalmente em pessoas com conhecimento no segmento gay.
Quantos participantes serão? Homens e mulheres?
Serão 12 participantes, sexo misto. Serão escolhidos gays, lésbicas, transexuais e simpatizantes. Não há restrição com idade.

Qual será o roteiro do Cruzeiro?
O roteiro do Cruzeiro será o Mediterrâneo, uma vez que o programa irá durar 42 dias.

Quem será o apresentador do reality?
Estamos a concluir as negociações. Não posso divulgar nomes ainda.

Qual o valor do prêmio?
O valor do prêmio está no nosso site oficial. R$300 mil para o primeiro lugar e R$100 mil para o segundo.

Como serão as provas? Haverá eliminação por parte do público?
Os testes serão de agilidade, inteligência, companheirismo, resistência e conhecimento geral. A votação terá diferentes formas. Mas, agora não posso revelar. O público também irá participar.

Por qual canal será transmitido o programa?
Não fechamos com uma emissora aberta, dado o grande preconceito. O programa será transmitido 24 horas, pela internet, no nosso site oficial, através da assinatura.

Até o momento, quantos inscritos vocês já tiveram?
Em uma semana de abertura das inscrições, teremos ultrapassado 1400 inscritos.

Por que o Brasil pra servir de cenário para o reality e não na Itália - que é seu país?
Na Itália, infelizmente, existem restrições por causa do Vaticano. Portanto, seria impossível encontrar uma TV disposta a dar este espaço. No Brasil, você pode comprar um espaço na TV.

Fale um pouco sobre seu currículo. Em que programas e em quais emissoras já trabalhou?
Sempre trabalhei como organizador de eventos, com grandes nomes nacionais e internacionais; em competições esportivas organizadas na Itália; na turnê do Harlem Globe Trotters; trabalhei 3 anos na Walt Disney; e na TV italiana Rai Uno. É a primeira vez que trabalho na produção para a televisão, mas isso não diminui a minha capacidade profissional e organizacional.

Na internet há grupos de pessoas achando que, por ter que pagar a inscrição (R$35), o cruzeiro não é muito confiável. O que vocês têm a dizer sobre isso?
É fácil não ter confiança em uma produção que não tenha por trás uma TV Globo, Record, etc... principalmente quando se paga para participar. As pessoas falam: 'o programa não é confiável'. Mas não pensam e falam que esta produção pode ser séria e profissional. Nós recebemos muitos e-mails de parabéns. Recebi algumas inscrições da Bélgica e Argentina. Colocamos um custo de inscrição por dois motivos: primeiro para fazer uma seleção, porque o público GLS é superior a 18 milhões. E segundo devido ao grande custo do programa, R$2 milhões.

Como italiano, como você vê a decisão do Ministro Tarso Genro de conceder asilo político a Cesare Battisti?
Acho muito errada adecisão do Ministro Tarso, de conceder asilo político a Cesare Battisti, que deve pagar por aquilo tenha cometido na Itália, especialmente no que diz respeito à família.

A Câmara italiana aprovou há duas semanas um projeto de lei anti-imigração, que possibilita médicos denunciarem estrangeiros irregulares no país. Sabendo que há travestis brasileiras em situação irregular e fazendo programas, como o senhor vê a aprovação do projeto?
Não tenho conhecimento da lei aprovada pela Câmara.

A Itália é um país tolerante aos gays?
Como todos os países, a Itália não é tolerante com os homossexuais. Mas os homossexuais existem e temos de nos habituar a viver com eles. O preconceito tem que acabar, os Estados Unidos são prova disso, com o novo presidente negro [Barack Obama].

Fonte: Acapa / http://webradiogospel.com
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Produtora quer realizar reality show gay em cruzeiro"

Postar um comentário

Postagens populares