Promoção Grátis

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A Federação de Gays exige uma solução para a 'viúva' de uma brigada (Vídeo)

A Federação Estatal de Lésbicas, Gays, Transexuais e Bissexuais (FELGTB) exigiu uma solução para José Luis González, Que tem sido expulsos de um apartamento no Ministério da Defesa porque o Tribunal Superior de Madrid não reconhece que dividir com seu parceiro, um soldado que morreu em 2001, cujo nome era habitação.

Conforme explicou a voz legal do Martin FELGTB Berenguer, embora TSJM emitiu uma decisão prévia, que reconheceu que existem outros meios que não o recenseamento para mostrar que eles tenham residido por um período de tempo em uma casa, não são aceites como prova em caso de facturas Gonzalez no nome que apareceu no julgamento.

"Sua situação é claramente injusta e que a sua relação não pode ser regularizado porque seu parceiro morreu antes de ser reconhecido em Espanha o direito de casar ao mesmo casais homossexuais, porque não oficialmente considerada viúva do falecido soldado ", diz a FELGTB.

A recorrente apresentou em outubro do ano passado um amparo para o Tribunal Constitucional, mas como ela resolve, a FELGTB iniciou contactos com o Ministério da Defesa para "trabalhar em conjunto por uma modificação da legislação sobre a habitação militar e reconhecem o direito de José Luis comum casa ela partilhou com o namorado. "

Berenguer impingidas a ser estudado "discriminação como estão resolvendo a casais do mesmo sexo quem foi negado o casamento ", porque" apenas um dos 65 pedidos de pensão de viúva, em caso semelhante a este foi concedido.

"Esperamos que essa situação dramática ter uma solução rápida e do Ministério da Defesa, que mostrou que um líder do exército aberta e compreensível a diversidade com casos como o da não-discriminação contra pessoas transgênero, resolver esta injustiça evidente ", disse o presidente da FELGTB Antonio Poveda.



Fonte: El Mundo / http://webradiogospel.com

The Federation of Gays requires a solution to the 'widow' of a brigade


The State Federation of Lesbians, Gays, Transsexuals and Bisexuals (FELGTB) demanded a solution to José Luis González, Who has been evicted from an apartment in the Ministry of Defense because the High Court of Madrid does not recognize that shared it with her partner, a soldier who died in 2001 whose name was housing.
As explained by the legal voice of the FELGTB Martin Berenguer, although TSJM issued a prior ruling, which recognized that there are other means than the census to show that they have resided for a period of time in a home, not accepted as evidence in the case of Gonzalez invoices in the name that appeared at the trial.
"His situation is clearly unfair and that their relationship could not be regularized because his partner died before being recognized in Spain the right to marry to same-sex couples, why not officially considered deceased soldier's widow, "reads the FELGTB.
The applicant submitted in October last year an amparo before the Constitutional Court but as she solves, the FELGTB has started contacts with the Ministry of Defense to "work together by a modification of legislation on military housing and recognize the right of Jose Luis common home she shared with her boyfriend. "
Berenguer impinged on to be studied "how are resolving discrimination to same-sex couples who were denied marriage "because" only one of the 65 applied for widow's pension in case similar to this has been granted.
"We expect such a dramatic situation have a quick solution and the Ministry of Defense, which has shown that leading an army open and understandable to diversity with cases such as non-discrimination against transgender people, resolve this clear injustice, "the president FELGTB Antonio Poveda.



Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "A Federação de Gays exige uma solução para a 'viúva' de uma brigada (Vídeo)"

Postar um comentário

Postagens populares