Promoção Grátis

domingo, 18 de abril de 2010

Menor obrigado a ver actos sexuais

António Oliveira, vizinho da família do menor sequestrado, relatou ao ‘CM’ momentos de terror vividos pela vítimaRapaz de 15 anos seduzido na net foi espancado, vítima de abuso sexual e obrigado a trabalhar. Dormiu com animais e era guardado por cães pitbull.


Mantido em cativeiro durante três dias numa quinta em Ourense, Espanha, ‘Fernando’, nome fictício, viveu verdadeiros momentos de terror. O menor, de 15 anos, que foi na quinta-feira resgatado pela PJ, foi forçado a trabalhar, agredido, dormiu com animais, foi vítima de abusos sexuais e obrigado a presenciar cenas de sexo.

"Ele voltou de madrugada. Estava muito assustado. Contou-me que viveu um pesadelo, que foi obrigado a ver um dos homens que o raptou e uma mulher a ter sexo várias vezes", relatou António Oliveira, vizinho do jovem, que reside em Vizela.

‘Fernando’, depois de ter estado na sua casa em Vizela algumas horas, regressou ontem ao final da manhã a Espanha com a mãe para reconhecer os raptores.

Durante o cativeiro tentou resistir aos abusos, mas não conseguiu. "Disseram--lhe que não escapava, que iam ter muitos dias com ele e que iam conseguir o que queriam. Foi o que aconteceu", disse António. Na mesma quinta encontravam-se outros jovens sequestrados. "Estavam proibidos de falar uns com os outros e tinham cães pitbull a guardá-los para não escaparem", explicou o vizinho.

JOVEM DIZ QUE UM DOS RAPTORES ERA PORTUGUÊS

‘Fernando’ indicou três pessoas como sendo os seus raptores: um casal de nacionalidade espanhola e um indivíduo português. Segundo o menor contou ao vizinho, seria este último que na maioria das vezes falava com ele.

"Disse que um deles era português e que era ele que falava mais com ele. Dizia-lhe que tinha que trabalhar porque senão batiam--lhe. Se não fizesse as coisas bem era logo agredido", contou António.

O menor foi ainda mantido sob o efeito de drogas, de forma a que não tentasse fugir da quinta onde estava mantido em cativeiro.

PORMENORES

VIZINHA ALERTOU

Uma mulher, vizinha da quinta onde os menores estavam, alertou as autoridades para o facto de andarem ali muitas crianças com "um ar triste".

FAMÍLIA

Fernando vive no seio de uma família com diversas dificuldades financeiras. A mãe do menor é alcoólica e o pai é pouco presente.

CONTACTO COM MULHER

Os contactos através da internet foram inicialmente estabelecidos entre o menor e a mulher que o raptou.

Fonte: Correio.pt / ttp://webradiogospel.com.br
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Menor obrigado a ver actos sexuais"

Postar um comentário

Postagens populares