Promoção Grátis

domingo, 4 de abril de 2010

Cristãos brasileiros em uma Páscoa especial


Cinquenta cristãos brasileiros passarão o domingo de Páscoa em meio à perseguição. Ou melhor, simulação de perseguição. Neste feriado, acontece o acampamento do ministério de jovens da Portas Abertas, o underground. E cinquenta pessoas, incluindo uma senhora de 60 anos que participa pela terceira vez, estarão celebrando a Páscoa de forma diferente.

“Não vai ter papá gostoso, nem palestrante famoso, não vai ter cama nem piscina, nem quadra de futebol, nem conforto. Diferente daquilo que você espera de um retiro espiritual? Certamente!” Com esse apelo, centenas de cristãos brasileiros acima de 18 anos já participaram do acampamento, que nesse feriado acontece em Campos do Jordão. Desde 2001, o acampamento faz parte das atividades da Missão Portas Abertas no Brasil. O evento acontece também em outros países, cada um com características próprias.

Aqui, os participantes conhecem como é a rotina de milhões de cristãos que vivem sob ameaça constante de governos, de extremistas, guerrilhas ou até mesmo de parentes. Os participantes experimentam um pouco de como é servir a Deus sem recursos materiais, sem Bíblias, com poucos ao lado e tendo que dividir tudo, incluindo a comida.

“Me aproximei mais da Igreja Perseguida. Me envolvi mais com eles, afinal somos da mesma igreja. Comecei a questionar minhas atitudes, minha vida com Deus, se realmente entreguei tudo a Ele. O testemunho deles me leva a ser um cristão melhor a cada dia.” Estevão Medeiros, colaborador da Portas Abertas, participou pela primeira vez em 2007 e desde então faz parte da equipe organizadora. Antes de ir, sentiu receio por não saber o que iria acontecer. Mesmo assim, Estevão garante que é uma das atividades mais legais que já participou.

Mesmo sabendo que é uma simulação de perseguição, Estevão diz que ele ficou chocado com a realidade, principalmente porque estamos acostumados com a liberdade. “Imaginamos como é a realidade deles, muito pior daquela que enfrentamos no acampamento. Acredito que o acampamento nos ajuda a medir nosso nível de compromisso com Deus. Somos forçados a pensar se aguentaríamos a perseguição. É uma benção, Deus tratou muito comigo sobre coisas que eu queria esconder dos outros, e que só eu sabia!” Para finalizar, Estevão afirma que Deus trabalha diferente com cada um, “não existe uma fórmula, existe uma condição: estar aberto”, alegra-se ele, citando Salmos 51.17.

Já Fabiana Silva, colaboradora da Missão Portas Abertas, participou do acampamento no ano passado e afirma que era uma cristã antes do acampamento e outra após ter participado. “Fui tratada por Deus, minha paixão pela Igreja Perseguida aumentou e minha busca e confiança diárias pelo Senhor também. Descobri o quanto somos materialistas, frágeis, religiosos e insensíveis uns com os outros e que não estou pronta para ser confrontada sobre minha fé e nem pronta para sofrer perseguição”, desabafa Fabiana.

A jovem afirma que se você não perder o foco da razão de estar ali, Deus fala com você, mesmo sabendo que é tudo uma simulação e que você não sairá machucada fisicamente. “Você percebe que não consegue ultrapassar as dificuldades e que você depende de alguém para te ajudar a andar, a fazer algo, a comer, resistir. E então você percebe realmente o que tem feito pelo Corpo de Cristo. Mexe com seu espiritual, emocional e você percebe suas fraquezas como ser humano diante de Deus. E o quanto somos acomodados.”

Fabiana ressalta o preparo da equipe, especialmente que as pessoas envolvidas são preparadas por Deus. “Deus os usa para falar com você e mostrar coisas que só você e Deus sabem.”

Nesse não dá mais tempo, mas em julho haverá outra oportunidade. Mais informações, acesse o site do underground – www.underground.org.br ou envie um email para underground@portasabertas.org.br

E uma excelente Páscoa para todos, lembrando a razão de comemorarmos essa data.

Fonte: Portas abertas / http://webradiogospel.com
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Cristãos brasileiros em uma Páscoa especial"

Postar um comentário

Postagens populares