Promoção Grátis

quinta-feira, 4 de março de 2010

Hamas proíbe homens de cortar cabelo de mulheres em Gaza

O grupo islâmico palestino Hamas, que controla desde 2007 a Faixa de Gaza, anunciou nesta quinta-feira que homens estão proibidos de trabalhar em salões de cabeleireiro de mulheres no território.

O anúncio é parte da campanha do grupo para introduzir costumes islâmicos mais rígidos no território.

Não está clara ainda qual exatamente será a punição para quem desrespeitar a ordem do Hamas.

Entretanto, uma mensagem divulgada no site da força policial de Gaza diz que “qualquer um que desrespeitar a decisão será preso e julgado”.

Patrulhas na praia

De acordo com as tradições islâmicas mais conservadoras, as mulheres não podem mostrar seu cabelo para homens que não sejam de sua família, mas os cabeleireiros vinham sendo uma exceção a essa regra em Gaza.

Desde que assumiu o poder no território, o Hamas vem adotando leis associadas a um perfil islâmico mais conservador.

No ano passado, o grupo aumentou suas patrulhas na praia para assegurar que as pessoas não frequentem o local vestidas de forma inadequada.

Roupas íntimas femininas não podem mais ser exibidas em manequins em vitrines, adolescentes são obrigadas a usar vestidos longos nos colégios e homens só podem tomar banho de mar com, pelo menos, bermuda e camiseta.

Fonte: BBC / http://webradiogospel.com
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Hamas proíbe homens de cortar cabelo de mulheres em Gaza"

Postar um comentário

Postagens populares