Promoção Grátis

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Para onde ia o dízimo? Igreja Assembléia de Deus com 40 fiés desaba no bairro do Jurunas, em Belém

Porteiro passa bemMeu Deus o que é isso?”. Disse Maria de Jesus Pinheiro, 43 anos, que vendia mingau na porta da igreja Assembleia de Deus, localizada na avenida Bernardo Sayão próximo à Padre Eutíquio, bairro do Jurunas, em Belém, quando, por volta às 20h40, viu o piso do pátio da igreja vir abaixo.

“Eu ouvi o estalo e de repente o chão começou a abrir de uma ponta a outra. Eu agarrei as minhas filhas pequenas que estavam do meu lado e me joguei para o meio da rua. Depois foi só a gritaria que vinha lá de dentro”, contou Maria Pinheiro.

O porteiro foi a única vítima do desabamento. Manoel Antenor Ramos, 86 anos, não teve tempo de correr e ficou embaixo dos tijolos e do piso. Ele foi retirado pelo Corpo de Bombeiros cerca de 40 minutos depois do desabamento. Manoel estava gravemente ferido e foi levado para o PSM da 14 de Março.

Na hora do acidente, cerca de 40 pessoas, principalmente crianças e idosos, estavam no culto que começou às 18h30 e iria terminar às 21h30. No meio da oração, o susto. “Somente o porteiro estava lá. Mas quando eu lembrei que minha esposa e minhas filhas estavam lá na frente vendendo mingau entrei em desespero, que só passou quando a vi chorando no meio da rua. Ela pensava que eu tinha morrido”, disse Aurélio Gonzáles, 71 anos.

A agonia tomou conta de todos. A parede da fachada quase desabou e foi segurada pelos vizinhos e pessoas que passavam no local até a chegada do Corpo de Bombeiros. “Não solta se não desaba tudo e o senhor que está aí debaixo pode morrer”, dizia um rapaz que segurava a fachada de madeira.

Segundo Ronilson Soares Silva, de 24 anos, que estava na igreja, o local foi comprado pelos fiéis em setembro do ano passado e desde então estava sendo construída aos poucos. A obra estava sob a responsabilidade técnica do engenheiro civil João Carlos Moraes Dias, conforme a placa afixada na parede que depois desabou. “Quando adquirimos o local já existia uma estrutura velha, que é onde estamos erguendo a igreja. O piso que desabou já existia”, contou.

Na avaliação do comandante da equipe de socorro do Corpo de Bombeiros, Wallison, o principal motivo do acidente foi a construção irregular em uma área alagada. “Além de ser em um lugar assim, que necessita de cuidados maiores, a Bernardo Sayão tem um tráfego muito grande e são veículos pesados que passam por aqui”, disse.

Única vítima do desabamento da igreja Assembleia de Deus, em Belém, na noite de ontem (31), Manoel Antenor Ramos, de 86 anos, agora passa bem. O idoso, que trabalhava como porteiro na igreja, deixou o pronto-socorro da 14 de Março hoje, por volta de 14h30.

“Quando não é o dia escolhido por Deus, não adianta, ninguém vai”, disse, bem-humorado. Manoel sofreu escoriações nos braços e nas costas e também um corte na testa. Ele também reclama de dores no braço direito, mas nada muito grave – tanto que ele retornou à rotina de trabalho como vendedor em uma casa comercial ainda na tarde de hoje.

À reportagem, ele falou sobre os momentos de pânico que atecederam o desabamento, “Ouvimos um barulho muito forte e todos se desesperaram, começaram a gritar. Olhei para o teto e, quando vi, já estava preso nos escombros”, lembrou. Manoel não teve tempo de correr e ficou sob os tijolos e o piso da igreja. Ele foi retirado pelo Corpo de Bombeiros cerca de 40 minutos depois do desabamento. Manoel estava gravemente ferido e foi levado para o PSM da 14 de Março.

Fonte: O Verbo / http://www.webradiogospel.com
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Para onde ia o dízimo? Igreja Assembléia de Deus com 40 fiés desaba no bairro do Jurunas, em Belém"

Postar um comentário

Postagens populares