Promoção Grátis

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Igrejas se justificam em estratégias de evangelização para pular carnaval!!!

De norte a sul do país, várias denominações evangélicas entenderam que usar os símbolos do carnaval para evangelizar é uma boa estratégia para angariar almas para Jesus. A cidade de Salvador (BA) tem o bloco Sal da Terra, organizado pela Igreja Batista Missionária da Independência (IBMI), e conta com integrantes de outras igrejas evangélicas da cidade. Em Macaé, norte fluminense, há o bloco Unidos da Fonte, que faz parte da Comunidade Evangélica de Macaé. Em Curitiba (PR) a escola de samba Bom à Beça, de doze igrejas evangélicas da região, desfila pelas ruas da capital paranaense. No Rio de Janeiro, a Comunidade Evangélica Internacional da Zona Sul também coloca o bloco na rua e comunica a mensagem do Evangelho durante o período de carnaval.

Um dos pioneiros nesse trabalho é o bloco Cara de Leão, do Projeto Vida Nova de Irajá, subúrbio carioca. Comandado pelo apóstolo Ezequiel Teixeira, o bloco surgiu em 1991 e leva quase 5 mil pessoas à Avenida Rio Branco, no centro do Rio de Janeiro, todos os anos. “Os componentes são divididos em cinco alas, e toda a congregação pode participar. Temos a ala das crianças, dos adolescentes, jovens e adultos, de teatro e da igreja. A gente faz um trabalho de evangelismo pessoal, com distribuição de literatura, teatro, música. É apenas uma estratégia, nós não temos nenhum compromisso com o carnaval. O nosso compromisso é com o Senhor Jesus”, afirma Valéria Forte de Queiroz, responsável pelo bloco junto com o marido, Wallace.

Enquanto o bloco passa na avenida, uma equipe de apoio faz evangelismo e distribui folhetos em inglês e português. O grupo sofreu muito no início com o preconceito de setores da igreja evangélica no Rio. “Chegaram a chamar o apóstolo Rei Momo gospel. A igreja foi apedrejada, improvisaram uma bomba e colocaram no templo. Jogaram um paralelepípedo no carro de um dos irmãos que atuava no bloco. Sofremos muita perseguição, mas Deus nos deu a vitória e os frutos estão aí para todos verem”, conta Valéria, uma das fundadoras do Cara de Leão.

Fonte: Creio / http://webradiogospel.com
Digg Google Bookmarks reddit Mixx StumbleUpon Technorati Yahoo! Buzz DesignFloat Delicious BlinkList Furl

0 comentários: on "Igrejas se justificam em estratégias de evangelização para pular carnaval!!!"

Postar um comentário

Postagens populares